Preciso me reencontrar

fc4b566b5b31bb8ed7de45311463e08e

Por muito tempo, eu tentei valorizar coisas diferentes. Valorizei a família, os animais, minha vida, minha saúde, meus sonhos, e o amor. Teve outras coisas. Porém, acho que meu maior erro todo este tempo, foi valorizar coisas de mais, e deixando outras sendo valorizadas de menos. Nunca entendi muito bem as pessoas, e acho que perdi muito tempo tentando entende-las. Eu deveria me acreditar mais. Tentar me entender primeiro, depois tentar desvendar os segredos das pessoas. Passei a maior parte do tempo assim. Descobrindo coisas, e não me descobrindo.

Me sinto pior ainda, quando percebo que não me orgulho  de mim mesma  cem por cento. Me sentir, como eu me sinto hoje, como ajo hoje, como respiro, como me coloco diante das circunstancias, não é algo na qual eu realmente me orgulhe. Me sinto mal por agir tão idiota na frente das pessoas, por me ver como pedrinha, no meio de grandes rochas. Me sinto mal. E eu nunca soube como concertar isso.

O interessante, é como eu sempre me acho certa sempre, estando tão errada. Nunca estou certa, eu penso sempre. Mas eu sei que não é sempre assim. Sei que posso as vezes estar certa. No entanto, na maioria das vezes, eu nem sei porque eu estou assim, porque estou chorando, porque estou gritando com ele, e porque eu não sei o que esta acontecendo. Eu nunca sei. Então como posso esperar que eu esteja certa?

Tirei a conclusão que me estudar, me entender, é o melhor que eu possa fazer agora. Não posso seguir adiante sem saber quem realmente eu sou. Sem saber sobre as coisas em que  valorizo, descobrir coisas em que eu devo mais valorizar, além de mim mesma.

Eu preciso me reencontrar.

linha

Leia mais textos como este:
Não temas sua felicidade                     Vamos falar sobre o amor                        Dói demais
Anúncios

Sobre se amar mais, acima de tudo


Não dá pra acreditar em amor, sem conhecer o que é amar a si mesmo. Amar alguém é diferente demais para ser comparado com o amor próprio. Amar a si, isso sim é difícil de explicar. É sensacional. Às vezes é mais dolorido que qualquer outro tipo de amor. Se magoar a si mesmo, se sentir desprezível, culpado, horrorizado por algo que você mesmo fez. Doeu muito, e a culpa foi sua. Não existe explicação para isso.

Mas quando você se ama, quando você se sente bem, com seu corpo, com seu cabelo, com seu jeito, com sua carisma, o jeito de rir e de andar. Aceitar o que não gosta. Ninguém é perfeito. A gordurinha á mais, o cabelo enrolado, a bochecha gordinha ou os peitos pequenos. Sempre queremos mais. Melhor, sempre queremos o que é diferente. O que o outro tem e você não.

Se amar, e se sentir única, isso é real. Ninguém tem o corpo que temos. E da mesma forma que invejamos o outro, tem gente que inveja você. Que inveja boa! Então, você se sente bem melhor. Não tão quanto as atrizes famosas que são vistas diariamente e honradas. Você não precisa disso. Porque você sabe.

Sabe que é mais do que todos pensam. Você é mais do que isso. Porque você te ama.

Tudo para o mesmo saco


Em uma vida em que as melhores e as piores pessoas vão para o mesmo saco. Ao menos, que as teorias berabolandes de vida após a morte – pessoas que são privilegiadas com dons, os profetas e as tais ideias da espiritualidades, por exemplo – se provem verdade. Pelo contrário, vamos tudo para o mesmo saco.

A terra se jorra sobre você, no dia do enterro. Quem somos nós? Sabe, eu imaginava não ser nada, e que construir alguém importante aqui, também não leva a lugar nenhum. Aliás, leva sim. Mas por um curto prazo de tempo. Muito pequeno para ser considerado.

Mas então, eu me dei conta que não é verdade. Nós não morremos. Continuamos vivos, não em nós mesmos, vivos de corpo. Continuamos presentes no mundo, aquilo que construímos continua vivo nos lugares, nos pensamos, em corações. E então, alguém irá falar de você. Talvez pouco, talvez muito. Mas vão falar. Por muito ou pouco tempo, não importa. Dali uns anos talvez nunca mais se lembre, você será só  mais um, levado pela morte.

Por isso o importante, ser alguém.

Quanto mais tempo ser lembrado, melhor.

As melhores frases que eu encontrei nas redes sociais na véspera de ano novo

Olaa! Véspera de ano novo já se foi, mas eu ainda estava recolhendo algumas frases que eu encontrei tanto no tumblr, twitter, e no Facebook – das mais sensatas até as mais engraçadas – sobre o ano de 2016. Achei coisas muito legais, então decidi reunir algumas e postar aqui para vocês. Juro, as pessoas falam cada coisa bonita!.. mas também fala cada coisa engraçada haha! Confira..

tumblr_o099mlU3mK1t8ei4wo1_500

Amanhã é a primeira folha em branco de um livro de 365 páginas. Escreva-o bem!

“É 31 de dezembro, fim de mais um ano e por mais que eu tente fazer outros planos, outro ano começa com o antigo sonho de ter você comigo.”
— Jorge & Mateus

“Deixa Deus conduzir seu ano.”

“Amanhã é um novo ano, acabou a comilança, acabou as desculpas! Hora de emagrecer, fechar a boca!”

“…quanta hipocrisia nesse fim de ano. Todo mundo pedindo paz, esperança, um ano melhor, mas é capaz de amanhã estarem brigando por nada e fazendo umas merdas sem sentido.”

“Não preciso pular 7 ondas porque o meu Deus abre o mar pra eu atravessar.”

“Chance n° 01 de 365.”

“To ansioso pra saber qual vai ser a primeira coisa a dar errado pra mim em 2016.”

“..a uma boa razão para a gente acreditar que o ano de 2016 vai ser bom, é que começa em uma sexta-feira.”

“única conclusão que eu tiro cada ano que passa é que eu to mais loka”

“Inscrições abertas pra mozão 2016!”

“Olhe para trás, veja o que conquistou nesses 365 dias. Agora olhe para frente, veja o que pode conquistar nesses 365 dias”

“Agora é 2016, e eu vou passar 3 meses escrevendo 2015 nos cabeçalhos.”

“E que venha mais estações de felicidade.”
— Coração de aço.

“que em 2016 minha capacidade de ficar sem fazer nada durante horas seja reconhecida e que eu fique rica por isso”

“Pelo visto vou ter que pular 7 tsunami..”

“O ano não será novo se você for o mesmo. Seja a diferença! Faça a diferença!”

“hoje eu vou sair de roupa amarrotada afinal o ano ta passando ne”

“esperando dar meia noite pra canta katy perry firework”

“Feliz ano novo para todos e que esse ano ninguém faça papel de troxa e nem quebre tanto a cara.”

“É, 2015, você veio como uma avalanche e está saindo de fininho como se nada tivesse acontecido. Como se tudo tivesse acontecido. É meu amigo, você soube como causar.”

“Eu ainda não terminei de me preparar emocionalmente pra 2015, calma aí 2016!!!”

Pensamentos aleatórios bobos #1

Oi, leitor! Em alguns momentos do meu dia eu pego meu caderninho, ou aqui no computador mesmo, e escrevo algumas besteirinhas, bobas, só pra aliviar mesmo. E na maioria das vezes elas ficam apenas lá, quietas, sem nunca mais serem lidas haha (só de vez em quando) então, eu tive a milagrosa ideia de compartilhar aqui com vocês, só não se assustam, porque pode ser que vocês encontrem coisas muito bobas, mesmo! haha

“Talvez eu devesse dizer alguma coisa, sobre em como eu consegui sobreviver á vida sem saber exatamente o que deveria ser a felicidade. Mas eu tenho uma noticia para você, ser feliz não é encontra-la, é cria-la.”

“Deixa de ser retardada. Você tem apenas três passos. Seja feliz, crie a sua felicidade, ou morre. Não estou ligando se você não esta acreditando em mim, não mesmo.”

“Sabe, a sua cabeça é uma jaula. Você coloca dentro dela, o que você quiser. Se você colocar um leão lá dentro, isso é o que vai estar. Mas escolha aves, se você for uma bela jovem consciente.”

“Que maneira idiota de dizer que alguém tem alguma porra de consciência sã. Cansei de falar de amor, lindo demais pra ser verdade. Vida normal demais pra ser verdade. Quero ser “escrota” como você prefere chamar. “

“Eu só tenho mais algumas horas neste dia. E eu ainda procuro á faixa colorida do meu arco-iris. Quantas cores você vê no seu?”

“Porque meu livro um dia vão haver 365 páginas. (foi o primeiro numero que veio na minha cabeça). Eu tenho 1867 cracteres, e o que eu falo? Muita merda, muita merda.. pode apostar.”

“Como eu poderia imaginar que as pessoas poderiam ser piores do que eu acreditava. Minhas palpetras não queriam mais enxergar. Eu tinha vergonha, de pertencer á uma escala de pessoas que acreditavam sem ser ondas do mar, e sim no calor do inferno.”

“Estou tão cansada dessa coisa de ninguém se importar. Qual o sentido de você pensar que os outros, também não é você? Você também é os outros. Dá pra notar? Não é estranho as pessoas acharem que você é mais importante que os outros, com coisa que os outros, também é você.”

“Estou triste pelos seres humanos serem tão hipócritas, tão ridículos quando se trata dos outros. “

È só. Beeeijos <3′