Personagem da semana: Nora Grey

wpid-7562f4822725878986bfa41c8af68ed9.jpg

Ola! Uma coisa que me deixa muito indignada, é se eu não posso falar sobre uma personagem que mexe comigo, e que eu acho que isso pode mostrar alguma coisa para as pessoas. Sabe, eu gosto de aprender alguma coisa com os personagens, como perguntas do tipo: O que na personalidade desta personagem pode me ensinar? Como ela reage aos fatos? Eu sei que é ficção, mas se existe diversas finalidades legais em um livros, com certeza está sim é uma delas.

Vou falar da personagem Nora Grey hoje, da sequencia de livros da Becca Fitzpatrick, que eu não conhecia, mas que agora sou sua eterna fã. Becca escreve sobre  Nora, personagem principal do livro. Nesta história Nora passa por diversas situações de perigo, perigosas mesmo! Com caras bastante perigosos. Sabe, quando eu me deparo com as tais situações que ela enfrenta (que nem sempre saí cem por cento salva) eu me pergunto, como eu reagiria em uma situação de perigo parecida?

Eu logicamente iria ficar muito desesperada assim como ela. Mas não sei se reagiria igual. Não seria confiante o bastante para pensar “eu sou capaz de detê-lo, sou forte, eu consigo!” Não, não sei não. Acho que seria mais provável eu pensar “vou morrer, já era, vou morrer” Haha, que estupido não? Mas acho que se uma brecha de esperança decidir aparecer,  pelo menos eu vou pensar “já que vou morrer, vou tentar sobreviver”.

È claro que cada caso é um caso, e eu confesso que em situações de perigo, dependendo da situação a gente não pode fazer muita coisa, não é mesmo? Mas a questão é: o quanto a gente confia em nós mesmos? E quanto é o nosso amor pela vida?

Nora, tem uma profunda confiança nela mesma. Na trama, ela reage ás situações, que nem sempre ajuda, mas decidida querer vai sair ilesa do problema. Isto me mostrou que talvez eu possa ser tão confiante quanto ela. Acreditar que não só eu poderia acreditar que eu sou capaz de sobreviver á uma situação de perigo, mas também em situações simples do dia a dia. Como por exemplo se eu sou capaz de dirigir um carro diferente, ou, cursar uma faculdade, e tantos outros, de acordo com cada nível de dificuldade de cada pessoa.

Recomendo este livro, vou fazer resenha em breve do terceiro livro da série Silêncio, e estou muito ansiosa para ler o último da série. E vocês, aprendem com os personagens? Um grande beijo!